fbpx

Como medir a pulsação e quais os valores normais?

by | Nov 14, 2018 | Recursos Úteis

O coração é o músculo mais importante do organismo pois é este que mantém o bom funcionamento do mesmo. Como tal é essencial tratar do coração – com uma alimentação adequada e hábitos de atividade física – e medir a pulsação ou batimentos cardíacos constantemente.

Estes batimentos cardíacos são excelentes aliados no momento de atividade física e na deteção de possíveis doenças. Conheça os valores normais dos seus batimentos e faça um controlo regular.

Em que situações deve medir a pulsação?

Um dos principais momentos em que deve medir a pulsação é quando sente uma arritmia, ou seja, um momento anormal do ritmo cardíaco. Esses movimentos anormais podem ser mais lentos ou mais acelerados, surgindo mesmo em momentos de repouso.

Por vezes estas arritmias ocorrem de forma natural e excecional, outras vezes são recorrentes. Muitas vezes podem ser benignas, mas a primeira manifestação pode resultar na morte súbita. Desta forma, em qualquer um dos casos, será necessário fazer uma medição adequado e testar o ritmo cardíaco.

Caso estas arritmias ocorram com frequência ou caso a sua frequência cardíaca se encontre fora dos parâmetros normais mesmo em repouso, deve consultar um especialista.

Quais os sintomas resultantes de um ritmo inadequado?

Um ritmo inadequado, acima ou abaixo dos valores padrão, pode resultar em alguns sintomas que deve conhecer. Alguns desses são:

  • Angina de peito;
  • Cansaço excessivo;
  • Contrações inadequadas – lentas ou rápidas;
  • Tonturas ou desmaios;
  • Entre outros;

Como se procede à medição?

  • Aproxime os dedos indicador e médio à região do pulso de modo a sentir os impulsos deste. Encontre o padrão do ritmo antes de começar a contagem.
  • Com um relógio, conte o número de batimentos sentidos durante 15 segundos. Ao mesmo tempo que os conta, verifique a qualidade dos batimentos: existe um ritmo constante e uma força que segue a mesma linha? Caso seja a primeira vez que vai medir os batimentos, faça a contagem para 1 minuto.
  • No final, caso tenha feito a medição para 15 segundos, multiplique o valor por 4 para obter os batimentos por minuto.

Durante a medição da pulsação para 15 segundos, caso verifique irregularidades significativas nos batimentos, faça a medição para 1 minuto.

Quais os valores que retratam batimentos normais?

Terminada a medição, chegou o momento de analisar os resultados. Os valores considerados normais devem encontrar-se entre 60 a 100 batimentos por minuto para adultos e crianças com mais de 10 anos ou 40 a 60 para atletas que possuam uma boa performance física.

Estes valores podem variar de acordo com as circunstâncias. Por exemplo, caso faça a medição após um momento de exercício intenso, os valores estarão alterados e, portanto, resultados elevados não o deverão alarmar.

Caso tenha valores acima ou abaixo dos indicados, num momento de repouso, deve consultar o seu médico para que este o possa analisar.

Ao contrário do que seria de esperar, muitas são as pessoas que não conhecem os batimentos normais ou, sequer, se os mesmos são normais. Evite estes comportamentos de risco e faça medições da sua pulsação com alguma regularidade.