fbpx

Tratamentos e recuperação

Não é raro, para quem treina, ter lesões de tempos a tempos e o acompanhamento de um profissional especializado na área do treino, nutrição e recuperação será indispensável.

9 formas de evitar a dor lombar

A dor lombar, conhecida como a comum dor nas costas, afeta grande parte da população portuguesa, segundo um relatório feito pela Organização Mundial de Saúde. Uma média de 400 mil portugueses por ano falta ao trabalho com este problema. As dores nas...

Faça Parte da Nossa Comunidade

Seja dos primeiros a receber o nosso conteúdo, ao fazer parte da nossa comunidade iremos enviar-lhe em primeira mão informações importantes para o ajudar a manter-se mais saudável.

Junte-se a nós e saiba tudo sobre os tratamentos

Se a recuperação e tratamentos após o treino é uma área que lhe interessa, então deixe-nos o seu contacto e mantenha-se atualizado.

Tratamento

Em caso de lesão ou mesmo de suspeita, fale com um profissional da área.

A grande maioria das lesões que ocorrem na prática do exercício físico são contusões musculares, que podem acontecer devido a compressões súbitas, e estiramentos, onde ocorre uma tração excessiva no músculo que sobrecarrega as fibras musculares levando à sua rutura.

Uma lesão muscular de grau elevado pode ser mais difícil de recuperar que uma fratura, por essa razão, não menospreze a sua preparação a todos os níveis (treino, alimentação e recuperação).

  • Sintomas

    Os sintomas podem variar entre um desconforto localizado, uma sensação de tensão, até uma dor aguda.

  • Tratamento

    O tratamento passa por várias fases, e, de forma a ser bem realizado, é importante recorrer a profissionais especializados.

  • Recuperação

    Uma boa recuperação através de fortalecimento muscular, descanso apropriado, dieta equilibrada e/ou medicação aconselhada por um médico, no retorno à prática do treino, será fundamental, para que não ocorram recaídas.

Prevenção

Aprenda a prevenir lesões no treino.
O fortalecimento e o aquecimento musculo-articular são métodos muito utilizados na prevenção de lesões, pois potencializam as acções dos músculos e aumentam a capacidade nas respostas das articulações, tendões, ligamentos e da maioria dos sistemas; A aceleração do batimento cardíaco, ativa  a corrente sanguínea, levando mais sangue de uma forma mais rápida aos músculos, melhorando a velocidade e força das contrações, aumentando a temperatura e a velocidade das transmissões nervosas e diminuindo a viscosidade do músculo.

  • Alongamentos

    Os alongamentos ajudam a prevenir lesões, mas segundo alguns autores, perde-se força e velocidade de contração. Por esta razão será importante diferenciar entre alongamentos estáticos e dinâmicos. Durante o aquecimento, ou seja, antes da parte fundamental do treino dever-se-á realizar alongamentos dinâmicos, visto que facilita a junção de pontes de actina e miosina (proteínas mais abundantes nas miofibrilas) que irão aumentar a potência das contrações musculares. No final do treino, caso o praticante se sinta bem, deverá realizar alongamentos ligeiros com o objetivo de relaxamento do músculo.

  • Hidratação

    Uma boa hidratação e uma alimentação bem nutrida e equilibrada são também fatores chave na prevenção de lesões e no aumento do rendimento desportivo.