fbpx

O abc da nutricao desportiva

by | Nov 1, 2018 | Alimentação Saudável, Nutrição

A nutrição desportiva tem algumas diferenças quando comparada à nutrição da maioria das pessoas, pois as necessidades calóricas e mesmo de nutrientes são diferentes. Desta forma torna-se essencial criar uma alimentação que sei baseie em determinados princípios.

Por exemplo, um desportista deve ingerir uma maior quantidade de proteínas, de modo a promover o aumento da massa muscular. Essa ingestão pode ser menos elevada na maioria das pessoas.

Com base nesta informação, caso pretenda começar a sua prática desportiva, descubra tudo o que precisa saber e monte um plano de alimentação adequado.

Quais os objetivos da nutrição desportiva?

A nutrição desportiva, segundo um documento divulgado pela Direção-Geral de Saúde, baseia-se nos seguintes objetivos:

  • Alcançar as necessidades energéticas e nutricionais para momentos de treino ou competição;
  • Manter uma composição corporal e peso adequados à modalidade (massa corporal, massa gorda  ou massa muscular);
  • Melhorar o rendimento em cada sessão de treino através da ingestão energética, nutricional e  hídrica adequada;
  • Otimizar o processo de recuperação que ocorre após um treino ou uma competição desportiva;
  • Promover a diminuição de lesões e doenças por parte dos desportistas;

Nutrição Desportiva: o que os desportistas comem?

Para que a performance do desportista seja melhorada, será necessário manter uma nutrição adequada, como referido anteriormente. Para manter essa nutrição, a dieta do desportista deve basear-se nos componentes que se seguem:

Proteína

A proteína é um dos componentes mais importantes para os desportistas, pois oferece os seguintes benefícios ao organismo do praticante:

  • Ajuda na recuperação do corpo após uma atividade física intensa;
  • Melhora as funções provenientes do sistema imunitário;
  • Permite o aumento da massa muscular, melhorando a estrutura corporal do atleta;
  • Substitui as proteínas danificadas durante o exercício físico, a nível músculo-esquelético, dos ossos,  dos tendões ou dos ligamentos;

Hidratos de Carbono

A proteína é um dos componentes mais importantes para os desportistas, pois oferece os seguintes benefícios ao organismo do praticante:

  • Ajuda na recuperação do corpo após uma atividade física intensa;
  • Melhora as funções provenientes do sistema imunitário;
  • Permite o aumento da massa muscular, melhorando a estrutura corporal do atleta;
  • Substitui as proteínas danificadas durante o exercício físico, a nível músculo-esquelético, dos ossos,  dos tendões ou dos ligamentos;

Gordura

A gordura pode ser associada a algo negativo, mas esta é a principal responsável pela energia no corpo do desportista. Esta gordura:

  • Auxilia no processo de absorção de vitaminas lipossolúveis;
  • Encontra-se disponível no corpo humano com maior abundância;
  • Permite ao desportista ter energia durante o momento de atividade física;

Ingestão hídrica

Claro que os componentes a serem consumidos são importantes, mas a ingestão hídrica também merece o seu destaque neste conteúdo, já que uma hidratação adequada pode oferecer diversos resultados.

A ingestão hídrica:

  • Cada ser humano é único e a necessidade de ingestão hídrica depende de cada um;
  • Deve ser restabelecida com alguma frequência, de forma simples ou com auxílio de suplementos;
  • Lembrando que uma ingestão excessiva pode acarretar problemas de saúde;
  • O estado de hidratação pode ser monitorizado através de processos simples;

Todos os desportistas têm a mesma alimentação?

Apesar de a base das dietas ser a mesma, nem todos os desportistas devem ter a mesma alimentação. Isto deve-se ao facto de os objetivos de cada desportista serem diferentes, por exemplo uns pretendem aumentar a massa muscular enquanto outros preferem perder peso.

Além da questão dos objetivos, também se deve ter em conta que cada organismo é diferente e, como tal, é importante manter uma avaliação constante de modo a fazer melhorias nos hábitos alimentares.

No entanto, apesar de tudo, as dietas dos desportistas assentam nos nutrientes referidos anteriormente, ou seja:

  • Gordura;
  • Hidratos de Carbono;
  • Proteínas;

Claro que existe muito mais informação sobre a nutrição desportiva, mas este resumo mostra as bases da alimentação de qualquer desportista. Lembrando que estes nutrientes também devem estar presentes no pré-treino, de modo a preparar o corpo para a atividade física.